Retificação
01/09/2005, 15:49

Multirio leva três prêmios do Prix Jeunesse ibero-americano

POR REDAÇÃO

Ao contrário do que divulgado por este noticiário nesta quarta, 31, na nota "Record e Futura faturam no Prix Jeunesse ibero-americano", a Record não recebeu prêmios no festival de programação infantil. Os programas citados são produções da Multirio, sem qualquer ligação com a Record.
As produções tiveram direção artística de Fábio Junqueira, que hoje está na TV Record.
A Multirio é a produtora de mídias da Prefeitura do Rio de Janeiro. Trata-se da única empresa carioca, a levar para casa três prêmios, entre eles, um primeiro lugar. Segue a lista:
* "Aventuras Cariocas", episódio "Lagoas" – 1º lugar na categoria não ficção para 12 a 15 anos;
* "O Boto", da série de animação "Juro que Vi" – 2º lugar na categoria ficção para 0 a 6 anos;
* "Presente do Futuro", episódio "Diga Não!" – 3º lugar na categoria ficção para 12 a 15 anos.
Já o Canal Futura, com "Escola Digital", dirigida por João Camargo, ficou em 2º lugar na categoria ficção dos 12 aos 15 anos. Um total de 12 produções brasileiras foram semifinalistas na premiação.
O Prix Jeunesse Ibero-americano é organizado pelo Conselho Nacional de Televisão do Chile e pela Sofofa (Federación Gremial de la Industria). Em 2004, o Brasil levou o prêmio na categoria ficção até 6 anos, com o programa "Cocoricó", da TV Cultura. O Prix Jeunesse Iberoamericano tem sua origem no Prix Jeunesse International, festival que acontece a cada dois anos na Alemanha pela Fundação Prix Jeunesse.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top