IV Fórum Brasil
06/05/2003, 14:24

Debate sugere integração entre cinema e TV

POR REDAÇÃO

Dando seqüência ao painel de abertura do IV Fórum Brasil de Programação e Produção que acontece esta semana, em São Paulo, a presidente do CBC, Assunção Hernandes, ratificou a linha adotada pelo secretário Orlando Senna, mas observou que parte do problema na implantação das políticas é a visão que alguns membros do governo têm da questão, em clara alusão às recentes medidas da Secretaria de Comunicação e Gestão Estratégica da Presidência da República (Secom), que aparentemente quer impor critérios de conteúdo para a distribuição de verbas estatais de incentivo à produção.
O presidente da ABPI-TV, associação dos produtores independentes de TV, Marco Altberg, lembrou que a produção para a televisão, e não só o cinema, também tem um papel importante e que, apesar das conquistas dos últimos anos, como a regra dos 3%, falta ainda a Ancine ampliar sua atuação, englobando também a TV.

Publicidade

O presidente da Apro, Paulo Schmidt, ressaltou o papel das produtoras de publicidade na manutenção no País de uma infra-estrutura técnica e profissional de produção audiovisual, e indicou que também estas produtoras estão migrando para a produção de conteúdo. Ele mencionou o projeto FilmBrazil, criado pela associação para promover o Brasil como pólo internacional de produção e atrair empresas para produzir aqui, e disse que também nisso o governo poderia ajudar, diminuindo por exemplo a burocracia para a entrada de equipamentos e profissionais estrangeiros.
Finalmente, encerrando o painel, o presidente da Ancine, Gustavo Dahl, enfatizou a necessidade de integração entre as pontas da produção e da distribuição, não apenas para o cinema, mas também para a TV, como forma de se desenvolver a atividade audiovisual.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top