Política audiovisual
08/05/2003, 18:35

Grupo de cineastas pede democratização no acesso a verbas estatais

POR REDAÇÃO

Uma lista com a assinatura de 49 cineastas e produtores que circula na Internet desautoriza a representatividade do grupo que esteve reunido com os ministros Luiz Gushiken e Gilberto Gil na terça, dia 6, para definir como será encaminhada a questão da política cultural e os recursos estatais para fomento da atividade audiovisual. Segundo o documento, "o grupo de cineastas que participou da reunião (…) não fala em nome da totalidade dos cineastas brasileiros, ao contrário do que se veiculou na mídia". Entre os que assinam a lista estão Nelson Pereira dos Santos, Paulo Betti, Lucélia Santos, Beto Brant, Fernando Meirelles, Zita Carvalhosa, André Klotzel, André Luís Oliveira, Betse de Paula, Carlos Gerbase, Eduardo Coutinho, Eduardo Escorel, Esdras Rubim, Euclides Moreira, Jorge Furtado, Laís Bodanzky, Marcelo Mazagão, Paulo Betti, Rosemberg Cariri, Tibico Brasil, Paulo Bocatto, Wolney de Oliveira entre vários outros nomes.
Os que assinam o documento dizem ser a favor de que "a distribuição de incentivos fiscais para a cultura esteja afinada com uma distribuição mais justa de bens culturais em nosso país". Eles também solicitam acesso mais "democrático, descentralizado e totalmente transparente aos patrocínios culturais das empresas estatais, acabando com o privilégio de pequenos grupos que têm recebido de forma concentrada os recursos concedidos nos últimos anos". Pedem, por fim, que o diálogo entre o Ministério da Cultura, a Secom, as empresas estatais e os cineastas "aconteça através das entidades e associações de classe de todo Brasil e não de forma personalista".
Entre os cineastas que foram convidados por Gushiken e Gil para o encontro estavam Cacá Dieges e Luiz Carlos Barreto, também participantes do Gedic, o grupo que auxiliou a Casa Civil para a ciração da Ancine em 2001.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top