Mipcom 2007
08/10/2007, 09:46

Globo quer renovar sua imagem no mercado internacional

POR FERNANDO LAUTERJUNG, DE CANNES

?Queremos deixar de lado a imagem de produtores e distribuidores apenas de novelas?, diz Raphael Correa Netto, diretor da Globo Internacional. Para isso, a Globo oferece este ano no Mipcom um pacote de programas que vai além das novelas, com conteúdo exclusivo para o mercado internacional. O estande da Globo no evento em Cannes é decorado tendo como tema a série ?Amazônia?. Além do conteúdo da série orginal, com 45 episódios de 45 minutos, a Globo oferece no evento uma versão com três episódios de 90 minutos, contando apenas a última fase da série, centrada no seringueiro Chico Mendes. A novidade são alguns documentários sobre a região amazônica, produzidos pela Central Globo de Jornalismo em parceria com a divisão internacional. Trata-se da primeira produção da Globo exclusiva para o mercado externo.?Queremos que a Amazônia seja o assunto da cidade durante o evento. A série, juntamente com os sub-produtos que a acompanham, vem para fortalecer a marca da Globo e abrir novos mercados?, diz Correa.
Alem de ?Amazônia?, a Globo retorna ao Mipcom com o conteúdo lançado no último MipTV, as novelas ?Cobras & Lagartos?, ?Páginas da Vida?, ?Sinhá Moça? e ?Como Uma Onda?.

Futuros projetos

Entre os conteúdos que Raphael Correa Netto acredita que terão força no mercado internacional dentro desta nova fase da Globo está o Projeto Quadrante, que terá quatro obras de ficção produzidas em diferentes regiões do Brasil. A primeira é ?A Pedra do Reino?, produzida pela Academia de Filmes. ?Ainda não sabemos como vamos tratar este conteúdo no mercado internacional, mas temos certeza que há muito potencial?, destaca.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top