Mipcom
09/10/2007, 09:42

SBT ganha representante para o mercado internacional

POR FERNANDO LAUTERJUNG, DE CANNES

O SBT, que nunca teve uma atuação forte no mercado internacional, passou a ter parte de seu conteúdo representado, pela primeira vez neste Mipcom, pela Sato Co. A empresa é de Nelson Sato, que vendia conteúdo, principalmente japonês, para a extinta TV Manchete. Após alguns anos atuando na GGP (de Gugu Liberato) comprando conteúdo internacional para o programa "Domingo Legal", Sato passou a fornecer conteúdo para a grade do SBT, como o japonês "Naruto", e também começou a vender conteúdo brasileiro no mercado internacional. A Sato vende as novelas do SBT produzidas antes da parceria da TV de Silvio Santos com a Televisa. Entre os títulos estão "Os Ossos do Barão", vendida para a RTP, de Portugal, e "O Direito de Nascer", vendida para a Venezuela. "As novelas produzidas no Brasil com a Televisa só podem ser representadas no mercado internacional pela própria Televisa", explica. "Mas estamos negociando para poder vendê-las também, mesmo que sem exclusividade", completa.
Além do conteúdo do SBT, a Sato está oferendo no mercado internacional alguns conteúdos da Band, como a série documental sobre o Chico Buarque, além de produções da CinemaCentro e títulos musicais brasileiros.

Expansão

A Sato prepara para o mercado internacional também a oferta de formatos do SBT, o que deve acontecer a partir do próximo ano. Além disso, também representará clipes do SBT, como o "Taxi do Gugu".

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top