Cinema
11/02/2016, 17:09

Cinema do Brasil promove produções brasileiras no Festival de Berlim

O Programa Cinema do Brasil estará, pelo décimo ano consecutivo, no European Film Market, mercado que acontece de 11 a 19 de fevereiro, parte do Berlinale Festival Internacional de Berlim. As ações têm foco em divulgar produções audiovisuais brasileiras e criar oportunidades de negócios aos profissionais do setor associados ao programa exportador.

Os dois longas de produtoras associadas ao Cinema do Brasil selecionados para a Seção Panorama – "Antes o Tempo Não Acabava", de Sérgio Andrade e Fábio Baldo (3 Moinhos Produções); e "Mãe Só Há Uma", de Anna Muylaert (Dezenove Som e Imagens) -, ambos representados por agentes de vendas internacionais, contarão com o apoio do Programa na sua promoção no mercado. Além disso, o Cinema do Brasil desembarca na cidade alemã junto com representantes de 32 empresas associadas.

Os dois filmes foram contemplados com o Prêmio de Apoio aos Agentes de Venda que concede até US$ 25 mil aos agentes com produções brasileiras em relevantes festivais internacionais como Berlim, Cannes, Locarno, Veneza e San Sebastián. A verba é 100% destinada para investimento em divulgação e promoção durante os eventos.

Além dos filmes de produtoras associadas, concorre ao Urso de Ouro na categoria de curtas- metragens "Das águas que passam", de Diego Zon. E, na sessão Panorama Dokumente, "Curumim", de Marcos Prado.

O Cinema do Brasil terá um estande no European Film Market, como nos anos anteriores, para apoio logístico aos associados, divulgação de filmes brasileiros e ponto de encontro entre os profissionais do cinema nacional e possíveis parceiros. Lá, acontecerá coquetel promovido pelo programa, no sábado, 13 de fevereiro, às 18h30m, que reúne profissionais da indústria de todo o mundo.

Durante o evento será realizado o anúncio da abertura de inscrições para o 8º Prêmio de Apoio à Distribuição Internacional, que visa incentivar a circulação da cinematografia brasileira ao apoiar a divulgação de filmes nacionais em seus lançamentos em salas de cinema no exterior.

Entre as atividades especiais realizadas pelo Cinema do Brasil durante o Festival de Berlim, haverá um brunch organizado em parceria com Proimágines, o equivalente ao Cinema do Brasil na Colômbia, para promover o encontro entre produtores brasileiros, colombianos, italianos, espanhóis, franceses e alemães presentes no mercado. O Cinema do Brasil volta também a realizar a festa para convidados da indústria no dia 15.

Coprodução

O EFM também promove o Co-Production Market, voltado a produtores internacionais experientes e financiadores, com o objetivo de criar oportunidades para a efetivação de coproduções internacionais. Seis associados do Cinema do Brasil estão inscritos para apresentar seus projetos e participar de reuniões e painéis sobre temas relacionados à coprodução, entre outras atividades de intercâmbio e networking.

Além destes, 11 produtores associados com menos experiência em coprodução internacional, mas com interesse em realizá-las, receberão, através do Programa, a credencial de visitante e poderão participar de algumas palestras temáticas, estudos de casos e coquetéis para adquirirem conhecimento sobre o processo e iniciar uma rede de relacionamentos.

Organizado no âmbito do mercado, o Berlinale Talents que tem por objetivo o aprimoramento de jovens talentos internacionais do audiovisual, terá a participação de cinco associados do Cinema do Brasil: Luana Melgaço, produtora, (Anavilhana); Bruno Carboni, editor e diretor (filme da Tokyo Filmes); Jéssica Luz, produtora (Besouro Filmes); Ives Rosenfeld – diretor e roteirista (filmes da Bubbles Project); Filipe Matzembacher (diretor) e Mateus Almada – ator (agente FiGa/Br).

O projeto "Garoto Neon", de Jéssica Luz, da Besouro Filmes, foi selecionado para participar do Talents Project Market, onde serão organizados encontros individuais de representantes dos projetos selecionados com coprodutores, financiadores e agentes de vendas internacionais.

Além das sessões realizadas pelo festival para os filmes na Mostra Panorama, outros filmes de produtoras associadas ao programa terão sessões de mercado: "Ponto Zero", de José Pedro Goulart (Okna Produções); "Nise – Coração da Loucura", de Roberto Berliner (TvZero); "Califórnia", de Marina Person (Mira Filmes); "Tudo Que Aprendemos Juntos", de Sérgio Machado (Gullane); "A Cidade Onde Envelheço", de Marilia Rocha (Anavilhana e Terratreme), "Para Minha Amada Morta", de Aly Muritiba (Grafo Audiovisual). Os filmes selecionados para a Mostra Panorama também terão sessões de mercado.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top