Anima Fórum
12/07/2007, 17:14

Para BNDES, animação é setor estratégico

POR DANIELE FREDERICO

Os produtores de animação podem contar com as linhas de financiamento do BNDES e esperar novas ações nessa área. A chefe do Departamento de Economia da Cultura do banco, Luciane Gorgulho, afirmou nesta quinta-feira, dia 12, durante painel do Anima Fórum, que a animação é considerada um setor estratégico para o BNDES. Entre os fatores que fazem o banco colocar o seu foco na técnica, está o potencial de receitas de licenciamento, vida útil longa, capacidade de viajar, utilização de mão-de-obra especializada, reconhecimento internacional, grande volume de produção e oferta abundante.

Co-produção internacional

Como já adiantou este noticiário, entre as possíveis ações a serem implantadas pelo banco, está a possibilidade de associação dos instrumentos de crédito (como o Procult) a um financiamento não-reembolsável (uma produção poderia financiar, por exemplo R$ 1 milhão pelo Procult e R$ 500 mil a R$ 1 milhão não-reembolsável). Em um primeiro momento, esse modelo serviria para financiar apenas projetos com acordos de co-produção internacionais firmados. ?Nossa missão é patrocinar obras que sejam vistas?, diz Luciane. ?Não faz sentido financiar uma obra para que ela fique na prateleira.
Para ter acesso a essa linha, os projetos devem ser co-produções internacionais, ter orçamento superior a R$ 1 milhão e ter garantia de exibição por uma TV brasileira ? é desejável ainda que tenha a exibição de uma TV internacional.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top