Cinema
13/11/2009, 19:40

Apaci quer agente articulador para o audiovisual no Estado de São Paulo

POR ANA CAROLINA BARBOSA

A nova diretoria da Associação Paulista de Cineastas (Apaci) tomou posse nesta quinta-feira, 12, com propostas para o desenvolvimento do audiovisual nas esferas federal, estadual e municipal. De acordo com Alain Fresnot, presidente da entidade para o biênio 2009/2011, a Apaci buscará o apoio de outras entidades do audiovisual da região, como ABPI-TV e Siaesp, para organizar um seminário e definir um projeto. No âmbito estadual, um dos objetivos é conseguir um agente que reúna recursos em várias instâncias, como na iniciativa privada e BNDES, aumentando o volume disponível para o audiovisual, algo parecido com o que a RioFilme tem feito no Rio de Janeiro. "São Paulo não tem cinema à altura da importância econômica de seu mercado. O cinema é menor que o potencial do estado", observa Fresnot.
Na esfera municipal, a ideia é trabalhar para o desenvolvimento de uma lei de ISS para que distribuidoras que saíram do município possam voltar e desfrutar dos benefícios. Já no âmbito federal, a Apaci trabalhará para sensibilizar demais entidades de audiovisual do país para trabalharem pela reconquista da marca de 6% em vez dos 4% atuais que as empresas podem deduzir dos seus impostos para destinar à cultura.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top