Cinema
18/09/2003, 15:52

São Paulo terá política audiovisual estadual e municipal

POR REDAÇÃO

A última quarta-feira, 17, foi agitada para o cinema em São Paulo. Pela manhã, o governador Geraldo Alckmin, a secretária da Cultura, Cláudia Costin e o secretário de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Turismo, João Carlos de Souza Meirelles, receberam uma comitiva de cineastas paulistas para um café da manhã no Palácio dos Bandeirantes. No evento foi assinado o decreto que cria o Conselho Paulista de Cinema, para surpresa dos cineastas, já que vinham mantendo um diálogo com o governo visando a criação de uma política audiovisual no estado, mas queriam apenas mostrar ao governador os 11 Kikitos que receberam no último Festival de Gramado. O conselho tem a função de elaborar propostas, o planejamento e a programação da política audiovisual paulista.
Segundo a presidente do CBC (Congresso Brasileiro de Cinema), Assunção Hernandes, que participou do evento, após algumas conversas com Claudia Costin chegou-se à conclusão que o cinema exige muito para ficar apenas no âmbito da cultura, por isso a presença de outros secretários ao evento. Fazem parte do conselho, que terá sua primeira reunião dentro de quinze dias, os seguintes membros:

* Claudia Costin, secretária da Cultura;
* Gabriel Chalita, secretário de Educação;
* João Carlos de Souza Meirelles, secretário de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Turismo;
* Amir Labaki, diretor técnico do Museu da Imagem e do Som;
* Antônio Carlos Sartini, técnico da Secretaria de Estado da Cultura;
* José Luiz Goldfarb, técnico da Secretaria de Estado da Cultura;
* Assunção Hernandez, produtora;
* Hector Babenco, diretor;
* Toni Venturi, diretor;
* Adhemar Oliveira, distribuidor/exibidor;
* Jefferson De, diretor;
* Maria Dora Mourão, professora de cinema.

Como suplentes estão:

* Fabiano Gullane, produtor;
* Guilherme de Almeida Prado, diretor;
* Lais Bodanski, diretora;
* Valmir Fernandes, distribuidor;
* Paulo Boccato, produtor/diretor;
* Pedro Lazzarini, técnico.

Política municipal

Além da reunião com o governador Alckmin, os cineastas encontraram-se na quarta noite com a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, e o secretário municipal de Cultura, Celso Frateschi. No encontro foram anunciados os nomes dos membros da Comissão de Cinema de São Paulo (COCINE), empossados na ocasião. A COCINE foi criada pela portaria 25/2003 da Secretaria de Cultura, publicada no Diário Oficial do Município do dia 6 de setembro. No máximo em 180 dias, essa comissão irá elaborar e apresentar políticas públicas para a produção paulistana.
Integram a comissão:

* Maurício Hirata Filho, da Associação Brasileira de Documentaristas (ABD/SP);
* Alain Fresnot, da Associação Paulista de Cineastas (APACI);
* Guilherme Lisboa, da Cinemateca Brasileira;
* André Luiz Pompéia Sturm, do Sindicato da Indústria Cinematográfica do Estado de São Paulo (SICESP);
* Pedro Pablo Lazarini, do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Cinematográfica do Estado de São Paulo (Sindicine);
* Francisco José Lucas Neto, do Sindicato das Empresas Exibidoras do Estado de São Paulo; e
* Zita Carvalhosa, da Associação Brasileira de Emissoras Públicas Educativas e Culturais (Abepec).

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top