Cinema
20/02/2014, 18:19

Instituto levará oficinas educativas de alfabetização audiovisual a escolas públicas

POR REDAÇÃO

Laís Bodanzky e Luiz Bolognesi lançaram o Instituto Buriti, para fomentar o audiovisual como ferramenta de aprendizagem. O Instituto vai levar oficinas educativas de alfabetização audiovisual para escolas públicas. A ideia é, a partir destas oficinas, semear projetos audiovisuais no contraturno de escolas. A dupla de cineastas deixa de conduzir o projeto de cinema itinerante Cine Tela Brasil.

O Instituto Buriti nasce com patrocínio da CCR S.A. e Fundação Telefônica Vivo, que patrocinaram o Cine Tela Brasil por dez e sete anos, respectivamente.

Este ano, o Instituto Buriti atuará em dez escolas públicas em diversos estados, dando continuidade às oficinas audiovisuais e ao Portal Tela Brasil, focado na informação e aprendizado audiovisual à distância, através da Internet.

Também em 2014, o Instituto publicará um livro sobre os dez anos do Cine Tela Brasil, incluindo uma análise sociológica e semântica dos mais de 200 curtas-metragens realizados por jovens de periferia na Oficinas Tela Brasil, ao longo de sete anos de trabalho.

Continuidade

O Cine Tela Brasil deve seguir em operação com os ex-funcionários José Carlos da Silva e Edson Souza Santos, projecionistas e produtores de campo do Cine Tela Brasil. Ambos comandam uma nova produtora, a Ibirajá, que atenderá a demanda de patrocinadores por projetos de cinema itinerante.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top