Broadcast & Cable 2005
22/09/2005, 13:58

Intel e Microsoft discutem o papel do computador

POR REDAÇÃO

Os desenhistas Hanna e Barbera, criadores do desenho "Os Jetsons" foram apontados por David Gonzales, da Intel, como precursores do ideal da casa digital. Durante o painel "O Futuro do Home Entertainment" realizado nesta quinta, 22, no Congresso da SET 2005, Gonzales mostrou algumas das possibilidades para o aproveitamento da convergência tecnológica pelos consumidores finais. "Desenhos como 'Os Jetsons' geraram ilusões, mas também apresentaram algumas espectativas reais. Hoje não é possível pensar em carros voadores, por exemplo, mas a idéia de videoconferência, utilização dos computadores para facilitar a lição de casa das crianças e a comunicação com o chefe por meio de imagem já são atividades possíveis", afirmou.
Gonzales também falou sobre a influência dos computadores pessoais no home entertainment, que trazem riqueza de formatos para o conteúdo, além levantar a questão das reais possibilidades de uma casa digital. "O modelo de negócios que está surgindo pode sim incorporar os players tradicionais, que tem diversas oportunidades, por exemplo, no âmbito do conteúdo".
O painel, coordenado por Antonio Maia, da SET e Globo.com, também contou com a participação de Jim Beveridge, da Microsoft, que além de discursar sobre as possibilidades da IPTV, ressaltou a importância de pensar nos interesses do consumidor, buscando encontrar o melhor preço e a melhor plataforma para o desenvolvimento de uma casa digital. "Todos falam em convergência, mas eu falo em divergência. O consumo é variado, por isso é necessário pensar na flexibilidade das plataformas e do conteúdo", concluiu.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top