Política audiovisual
26/03/2004, 17:41

Brasil celebra acordos com países do Mercosul

POR REDAÇÃO

A assessoria de comunicação da Ancine divulgou nesta sexta, 26, os resultados da 1ª Reunião Especializada das Autoridades Cinematográficas e Audiovisuais do Mercosul – RECAM, realizada em Buenos Aires entre 14 e 15 de março. No evento foi oficializada a criação de uma instância oficial do Mercosul para tratamento das questões de integração cinematográfica e audiovisual dos países membros e associados (Bolívia e Chile), tendo como base os princípios de: valor cultural e econômico dessas indústrias; solidariedade, reciprocidade e complementaridade; e diversidade cultural. Segundo a agência, a criação desta instância vem da constatação de que até agora, os convênios celebrados entre os países têm enfocado, quase que exclusivamente, os aspectos culturais dos produtos cinematográficos e audiovisuais, deixando de lado os aspectos industriais ou econômicos.
Coube à delegação brasileira uma atuação tanto no plano comercial quanto no institucional. Neste último, dos principais assuntos discutidos na 1ª RECAM, podem ser resumidos como prioridades:

– Organização e funcionamento da RECAM e de constituição da Secretaria Executiva;
– Regime comum de importações para bens destinados às indústrias audiovisuais não produzidos no Mercosul;
– Tratamento de produtos e serviços cinematográficos e audiovisuais no Código Aduaneiro do Mercosul em elaboração;
– Posição comum em foros internacionais (OMC, ALCA);
– Programas de formação de público de cinema e educação;
– Extensão da aplicação do Selo Mercosul Cultural para a circulação de bens e produtos cinematográficos e audiovisuais com fins comerciais;
– Criação de um Fundo de Fomento para Co-produções e Co-distribuições;
– Elaboração de um projeto de Acordo de Cooperação Técnica com a União Européia.

Já no plano comercial, foi promovida uma reunião entre distribuidores e exibidores brasileiros e argentinos para monitorar o andamento do acordo de distribuição Brasil-Argentina e preparar a renovação do mesmo para 2004.
Também foi dado início à preparação de um acordo de distribuição de filmes e obras audiovisuais entre o Brasil e o Chile, nos mesmos moldes do acordo entre Brasil e Argentina.

Canal Brasil

Ainda no evento, o Canal Brasil e o INCAA, o Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais da Argentina, celebraram acordo de compra, pelo Canal Brasil, de um pacote de 34 filmes argentinos a serem exibidos semanalmente pelo canal brasileiro. O INCAA comprometeu-se à reciprocidade, encontrando espaço num canal argentino para veiculação de filmes brasileiros. Os filmes serão legendados em seus países de exibição.
A delegação brasileira foi composta pelo secretário do audiovisual, Orlando Senna; o diretor-presidente da Ancine, Gustavo Dahl; o sub-gerente de intercâmbio audiovisual, Samuel Barrichelo; o superintendente para assuntos astratégicos da Ancine, Jom Tob Azulay; e o superintendente de promoção e comércio axterior da agência, Alberto Flaksman.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top