TV digital
26/06/2007, 18:55

Anatel tem dificuldade para acomodar canais no espectro

POR REDAÇÃO

A Anatel está com dificuldades para abrir espaço no espectro de radiofreqüência em São Paulo para conceder canais digitais que acomodem os quatro canais públicos criados pelo governo no decreto da TV digital e ainda as TVs Câmara e Senado e retransmissoras cujas geradoras estão localizadas fora daquele Estado.
O alerta foi feito nesta terça-feira, 26, pelo superintendente de Comunicação de Massa da Anatel, Ara Apkar Minassian, em audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados. Segundo ele, a agência já expôs sua preocupação ao Ministério das Comunicações e à Casa Civil. De acordo com Minassian, uma alternativa para viabilizar o processo de transição do sistema analógico para o digital seria não entregar canais digitais a três das oito retransmissoras localizadas em São Paulo. Nesse espaço poderiam ser alocados, por exemplo, os canais públicos.
Outra possibilidade seria acomodar os quatro canais públicos em apenas 6 MHz. O decreto da TV digital determina que cada canal ocuparia 6 MHz. Minassian destacou que cabe ao Minicom e à Casa Civil indicarem politicamente o caminho. Se as retransmissoras ficarão de fora ou se haverá uma redução do espaço dos canais públicos. ?Não cabe à agência interpretar o decreto da TV digital. Essa é uma decisão política, de governo?, disse ele.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top