Convergência
27/06/2007, 16:34

Loja virtual oferecerá conteúdo no Windows Media Center

POR DANIELE FREDERICO E FERNANDO LAUTERJUNG

A Eonde lançou nesta quarta, 27, seu portal de compra e locação filmes, seriados, jogos e shows. A grande novidade é que o portal é o primeiro a trabalhar de forma integrada com o Windows Media Center, presente nas versões Ultimate e Home Premium do Windows Vista. Assim, os usuários podem, usando um computador equipado com controle remoto e conexões para a televisão, navegar na loja virtual e adquirir conteúdo de forma intuitiva, semelhante à navegação no menu de um DVD de vídeo.
A loja oferece, em um primeiro momento, conteúdo da Warner, mas, segundo Karl Loriega, diretor geral da Eonde, a empresa está negociando não apenas com os outros grandes estúdios norte-americanos, como com produtores independentes. ?Queremos aproveitar todo o conceito do long tail?, explica, referindo-se à venda de conteúdos voltados para nichos, mas com ganho de escala graças à oferta global deste conteúdo. Gerson Rolim, também da Eonde, afirmou a este noticiário que a empresa está negociando com produtoras e distribuidoras brasileiras, para oferta de conteúdo local. Segundo ele, a primeira distribuidora que deve ter seu conteúdo no portal é a Paris Filmes.
Os filmes serão oferecidos para compra são comparáveis aos do mercado de DVDs. Lançamentos custarão entre R$39,90 e R$44,90, enquanto filmes de catálogo custarão entre R$14,90 e R$24,90. Episódios de TV serão vendidos por R$5,90. Vale comparar, no mercado norte-americano, o iTunes, maior portal de venda de conteúdos, vende filmes a um preço médio de US$ 12,50 (cerca de R$ 24,50) e episódios de séries a US$ 1,99 (cerca de R$ 3,90).

Fase inicial

Por enquanto, o portal ainda não oferece o conteúdo para locação, quando a opção de locação estiver disponível, os lançamentos de filmes serão oferecidos por R$7,00 e aqueles de catálogo por R$5,00.
Esta função e outros serviços estão prometidos para até o final deste ano. O mais interessante a criação de comunidades para discussão dos filmes, o que deve funcionar como marketing viral e auxiliar, principalmente, clientes de nicho. ?A meta é fazer do portal um ponto de convergência dos amantes do cinema, dos aficcionados por games e daqueles que não deixam de colecionar suas séries de TV?, explica Karl Loriega.

Conteúdo gratuito

A produtora brasileira Cinemacentro também terá um canal de conteúdo no Windows Media Center. Serão oferecidos conteúdos da própria produtora, como o programa "Planeta Estranho"; a TV Música (com shows de música brasileira); um canal de turismo (com conteúdo 90% nacional); e a Blog TV (site de conteúdo segmentado, que reúne 20 blogs de segmentos diferentes e universais, como música, design e clima). Diferente do Eonde, os conteúdos da produtora serão, inicialmente, gratuitos. O projeto do canal nacional está em fase de produção final da interface. O nome do canal e a sua data de lançamento ainda não foram definidos.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top