Festival do Rio
28/09/2005, 19:44

UBV debate mercado de home video

POR REDAÇÃO

Em um "raio X" do mercado brasileiro de home video, que aconteceu nesta quarta, 28, no Festival do Rio, distribuidores filiados à UBV (União Brasileiro do Vídeo) mostraram a importância do DVD na recuperação de um mercado que caminhava para uma forte crise. Comparando as estimativas do mercado de home video para 2005 com a realidade de 1997, é evidente a empolgação do setor com os discos de vídeo. Em 1997 ainda não eram produzidos DVDs no Brasil, e foram distribuídas 3,5 milhões de fitas VHS para sell thru e locação. As previsões para 2005 apresentadas por Wilson Cabral, da Columbia, são de que sejam distribuídos um milhão de fitas VHS e 25 milhões de DVDs, somente das afiliadas da UBV (são, no total, 14 distribuidoras).
Como explicou Cabral no evento, o DVD trouxe para o mercado de home video, além de produções televisivas, o relançamento de títulos antigos. "Em 2005, serão lançados 1,1 mil títulos", contou.
Entre as novas oportunidades apontadas no evento por Wilson Cabral para o setor de home video está a redução do tempo de janela exclusiva para cinema. O principal desafio apontado foi o combate à pirataria.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top