OUTROS DESTAQUES
Quanto vale um não-licenciado
quarta-feira, 01 de outubro de 1997 , 23h25 | POR REDAÇÃO

Há quem diga que as operações não-licenciadas, se não conseguirem vencer a licitação para TV a cabo em suas respectivas cidades, terão como melhor alternativa venderem as redes. Mas já há operações sendo oferecidas pelos mais variados preços. Algumas pedem cerca de US$ 1 mil por assinante, mas já há pelo menos um não-licenciado que está pedindo US$ 2 mil por assinante, preço que se justificaria por se tratar de uma operação em rápido crescimento numa capital de Estado.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top