OUTROS DESTAQUES
Balanço
Globo Cabo registra queda de base no primeiro trimestre
quinta-feira, 02 de maio de 2002 , 01h59 | POR SAMUEL POSSEBON

A Globo Cabo, em meio a uma situação financeira complicada, manteve a tendência de perda de base no primeiro trimestre deste ano. Os recém-divulgados resultados operacionais mostram que a maior MSO do País passou de 1,428 milhão de assinantes pagantes no final de 2001 para 1,398 milhão ao término do primeiro trimestre de 2002. A queda se deve, sobretudo, à política mais severa de corte de assinantes inadimplentes. O churn anual da Globo Cabo também cresceu, de 19,3% em dezembro para 20,4% no final de março. Em março de 2001 este índice era de 16,5%. No mix de pacotes, apenas o Standard teve ganho de share, passando a 11,1%, contra 10,6% em dezembro. Apesar do crescimento do percentual de clientes com o pacote popular, a Globo Cabo comemorou os números de venda de pacote pay-per-view no primeiro trimestre de 2002. Segundo os dados da operadora, os eventos esportivos venderam 30% mais no primeiro trimestre deste ano do que no mesmo trimestre de 2001, e o evento Big Brother Brasil vendeu 12 mil pacotes pay-per-view.
A base de assinantes do serviço Vírtua passou de 53,3 mil no final de 2001 para 55 mil em março. Segundo o relatório operacional da Globo Cabo, não existe mais nenhum tipo de venda subsidiada de cable modems, o que explica o lento ritmo de crescimento do produto.
Os resultados da Globo Cabo ainda não refletem os resultados do processo de capitalização, o que só será percebido a partir do segundo trimestre. Nesta quinta, 2, a operadora realiza a assembléia em que será definido o novo acordo de acionistas e aprovada a emissão de novas ações, além de outros detalhes referentes à recapitalização. Em maio devem ser apresentados os novos planos de crescimento da operadora, como parte do processo de promoção das novas ações. Espera-se que até o final de junho a Globo Cabo conclua as etapas da capitalização anunciada de R$ 1 bilhão.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top