OUTROS DESTAQUES
DVB resolve rebater críticas
quinta-feira, 02 de agosto de 2001 , 20h04 | POR REDAÇÃO

O consórcio DVB resolveu rebater as críticas vindas do Grupo SET/Abert e, principalmente, de representantes do ATSC. Segundo Peter MacAvock, o padrão japonês não foi adotado em nenhum país. Segundo ele, até mesmo no Japão o ISDB terrestre ainda é um protótipo e só deve ser adotado entre 2003 e 2005. "O risco de adoção de um padrão que ainda não foi usado em nenhum lugar é muito alto", disse. O fato de a Europa ter adotado o DVB em 8 MHz e não em não em 6 MHz, como aconteceria no Brasil caso fosse adotado, não é problema para o consórcio, segundo ele. "Todos os chips DVB são compatíveis com 6, 7 ou 8 MHz, só é preciso ajustar o clock de freqüência. Não existe custo adicional", afirmou MacAvock.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top