OUTROS DESTAQUES
Panorama internacional
Charter despenca com perda de assinantes
quarta-feira, 02 de outubro de 2002 , 19h46 | POR TOM SOUTHWICK

A Charter Communications levou um novo golpe esta semana, com suas ações caindo quase 30% após a companhia avisar que não atingiria as projeções de fluxo de caixa feitas recentemente, em agosto último.
O que realmente chocou os analistas, no entanto, foi o motivo alegado para esta má performance: queda no número de assinantes nos pacotes básicos.
Em seus 50 anos de história, jamais a indústria de TV por assinatura dos EUA passou por um ano em que houvesse redução na base de assinantes. Esta tradição pode ser rompida ao final deste ano ou no próximo, se as operadoras de DTH continuarem a "roubar" assinantes do cabo. Mais ainda: com o país já praticamente todo cabeado, é difícil para o cabo encontrar novos assinantes.
A Charter não revelou o tamanho de sua perda de assinantes, prometendo abrir os resultados em novembro.
Mas os investidores, que já viram os papéis da MSO despencarem mais de 90% este ano, não esperaram pelos detalhes. O maior perdedor pode ser o bilionário Paul Allen, co-fundador da Microsoft. Allen montou a Charter a partir de 1998, comprando redes de cabo existentes a preços recordes, de até US$ 4,7 mil por assinante. Investiu ainda centenas de milhões de dólares adicionais para o upgrade das redes, visando a oferta de banda larga e outros serviços avançados.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top