OUTROS DESTAQUES
Mercado
Papéis da Net agora batem recorde de volatilidade
quarta-feira, 02 de outubro de 2002 , 21h16 | POR REDAÇÃO

Depois de chegarem ao patamar mais baixo de todos os tempos na terça, dia 1º, os papéis da Net na Nasdaq tiveram, nesta quarta, a maior alta percentual de todos os tempos: 83,33%, com os papéis subindo de US$ 0,60 para US$ 1,10. é o reflexo da volatilidade do papel, que vem oscilando forte em função do reduzido valor (o valor de mercado ainda é de pouco mais de US$ 30 milhões). Em compensação, na Bovespa o desempenho do papel foi ruim: queda de 7,69%, fechando a R$ 0,24. A baixa acumulada do ano chegou a 97%. Segundo analistas que acompanham o papel a situação seria a seguinte:

1) Depois de todo o esforço de reestruturação, em que sua dívida foi reduzida para R$ 1,1 bilhão e em que ganhou fôlego financeiro para atravessar 2003, a companhia se depara com outra super dose de dólar, de 36,9% no terceiro trimestre. Sem contar os juros, trata-se da incorporação de quase R$ 400 milhões no passivo. Pode-se argumentar que a empresa aumentou a proteção da dívida com hedge cambial. Mas isso é apenas parte da verdade, porque a Net encontra dificuldade para conseguir recursos para fazer garantir suas aplicações em futuros e swap, segundo os analistas.

2) A alta do dólar, perversamente, está dificultando a expansão do Vírtua e mesmo das novas incorporações de clientes. Isso porque, o preço dos equipamentos é quase que totalmente dolarizado. A exemplo do que tem ocorrido nas últimas semanas com o Speedy da Telefônica, também a instalação do Vírtua está sendo postergada.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top