OUTROS DESTAQUES
As hipóteses para as TVAs
quarta-feira, 03 de janeiro de 2001 , 22h40 | POR REDAÇÃO

O serviço de TVA, com 25 concessões nas principais cidades brasileiras, tem as mesmas características do serviço de radiodifusão, mas é considerado serviço de TV paga por ser transmitido de forma codificada em 65% do tempo. Há apenas três saídas para estas outorgas, segundo seus proprietários. Uma primeira hipótese é permitir a migração ao SCEMa, assim como será feito com o MMDS ou o DTH. Outra hipótese é deixar tudo como está e não renovar as outorgas quando as concessões forem vencendo. Esta opção teria apenas a vantagem de que o operador de TVA poderia prestar outros serviços através de seu canal, mesmo antes de que ele fosse digitalizado. A terceira hipótese é transformar as TVAs em canais 100% abertos, o que pode gerar contestações por parte de quem está participando das licitações para TV aberta e pagando pelas outorgas. Esta hipótese também dependeria da vontade política do Ministério das Comunicações, já que entra na área da radiodifusão.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top