OUTROS DESTAQUES
Novos serviços
Perspectivas de crescimento da Net passam pelo cabo digital
quarta-feira, 03 de julho de 2002 , 19h35 | POR REDAÇÃO

Segundo observadores bem informados, a Net deve dar a seguinte destinação aos recursos da capitalização, quando ela acabar: reforçar o caixa para pagamento dos compromissos financeiros, pagar parte das dívidas com fornecedores e, por fim, investir em novos produtos que possam adicionar receita. O primeiro desta lista de novos produtos será o cabo digital, principalmente para impedir uma eventual erosão de base para o DTH (sobretudo Sky, que tem a mesma programação). A digitalização abre, de cara, portas para serviços interativos e, principalmente, para o video-on-demand, coisa que a Sky e a DirecTV não têm.
O projeto de cabo digital é o principal negócio aguardado pelos fornecedores em 2002. Motorola e Scientific-Atlanta estão no páreo para o fornecimento das caixas. Ambas teriam praticamente as mesmas funcionalidades, mas a primeira, por ser um produto mais barato, não apresentaria tantos diferenciais gráficos em relação ao DTH. A segunda, com visual mais atraente, é mais cara. Outra variável é a forma como a Microsoft entrará, ou não, no processo de digitalização. Segundo observadores, a Net quer que o custo do software das caixas possa ser considerado a parte de Bill Gates no aporte. A Microsoft, por sua vez, não quer misturar as bolas. As dúvidas sobre a digitalização ainda são muitas e a expectativa dos fornecedores e da empresa é que algo seja lançado ainda este ano, possivelmente em São Paulo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top