OUTROS DESTAQUES
Sky cresce 16,5% no terceiro trimestre
quarta-feira, 03 de novembro de 1999 , 21h37 | POR REDAÇÃO

A Sky não tem do que reclamar. A operadora divulgou o seu número de assinantes em 30 de setembro e mostrou uma retomada forte das vendas no terceiro trimestre. Também voltou a assegurar uma boa dianteira diante da concorrência na disputa pelo market share. A operadora, que vinha crescendo uma média de 6% ao trimestre, cresceu 16,5% entre 30 de junho e 30 de setembro, totalizando nesta data cerca de 380 mil assinantes pagantes (contra 326 mil no final de junho). Se forem computados também os assinantes com alguma pendência (nesse grupo entram pessoas cujas mensalidades estejam com mais de seis dias de atraso), eram 408 mil usuários do sistema Sky no final do terceiro trimestre. Extra-oficialmente, sabe-se que a Sky conseguiu registrar em outubro um total de vendas superior a 30 mil unidades. Esse montante deve se repetir em novembro, na expectativa da empresa. Um dos fatores seria o fato de não estar sendo cobrado o pacote do Brasileirão 99, que entra em fase final. Em dezembro, a tendência histórica é de um resfriamento nas vendas. O relatório financeiro com o desempenho da operação no período será conhecido por volta do dia 15 de novembro. Entre os fatores apontados dentro da Sky para justificar o crescimento está o fato de não mais ser cobrada a taxa de instalação. Além disso, a operadora optou por trabalhar com uma tabela única para todo o Brasil, o que significa R$ 399 (US$ 200) para a assinatura em qualquer ponto do país, independente do tamanho da antena. A Sky, naturalmente, também credita o sucesso nas vendas à programação esportiva (Campeonato Brasileiro, sobretudo).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top