Mercado
04/06/2002, 22:08

Crescimento do DVD é problema para TV paga

POR REDAÇÃO

Sem fazer muito barulho, mas em grande velocidade, começa a surgir um novo problema para a TV paga: o crescimento do mercado de DVDs, acompanhado de uma tendência das programadoras de utilizarem esta janela para distribuir seu conteúdo. O número de aparelhos no Brasil já chegou a 2,5 milhões em pouco mais de dois anos e os preços caem vertiginosamente, na mesma medida em que as vendas aumentam. Além disso, grandes produtores de conteúdo como Globo e Globosat estão adotando a estratégia de lançar parte de seus acervos em DVD, ainda que em janelas posteriores às de estréia da TV paga. A TV Globo, por exemplo, lançará todas as suas principais minisséries em DVD. "A Muralha" já está no mercado e será seguida por títulos como "Presença de Anita" e "Hilda Furacão". "A Muralha" e alguns programas especiais, além de novelas em versões resumidas. Essa tendência vem em um momento em que a TV Globo descobre também que, adaptando parte de seu conteúdo da TV aberta para os canais pagos, consegue recordes de audiência também na TV por assinatura. Foi o caso dos programas "Big Brother Brasil" e "Fama", exibidos no Multishow com índices históricos de audiência. "Não é o único caminho para a TV paga ganhar audiência, mas é uma opção que foi adotada nos EUA, por exemplo. A TV paga pode ter um bom percentual de reprises da TV aberta, sim", ponderou Luiz Gleiser, diretor de núcleo da Central Globo de Produção e responsável pela estratégia multiplataformas dada aos reality shows da emissora, durante o III Fórum Brasil.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top