OUTROS DESTAQUES
Embratel usará fibra, rádio e, provavelmente, MMDS para última milha
quarta-feira, 04 de julho de 2001 , 21h48 | POR REDAÇÃO

Ao contrário da Intelig, a Embratel não está negociando com operadoras de TV a cabo e distribuidoras de energia para prover a última milha a partir de janeiro de 2002. A preferência da empresa recai na fibra ótica, rádio e MMDS – tecnologia que já passou por dois testes realizados pela holding da Embratel, a WorldCom, nos EUA. "Também estudamos outras tecnologias que não posso revelar. Mas, efetivamente, não estamos pensando atualmente em parcerias com distribuidoras de energia ou operadoras de TV a cabo", afirmou a vice-presidenta de serviços locais da Embratel, Purificación Carpinteyro. A operadora investirá cerca de R$ 1 bilhão até o final de 2002 no projeto de acesso local.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top