OUTROS DESTAQUES
Ministério da Cultura diz que "pacotão" do audiovisual sai para consulta VI
quarta-feira, 04 de julho de 2001 , 21h48 | POR REDAÇÃO

Outro ponto que deve render conflitos entre programadores estrangeiros e o governo é o fato de boa parte das programadoras internacionais que vendem conteúdo no Brasil não ter, sequer, um escritório estabelecido em território nacional. Essa presença local é obrigatória de acordo com o Regulamento do Cabo (Decreto 2.206/97) em seu artigo 67.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top