Métrica
04/11/2015, 20:58

Pesquisa revela perfil do consumidor de vídeo digital na América Latina

A IMS (Internet Media Services) publicou nesta quarta, dia 4, o estudo IMS Video in Latam, que traça o perfil do consumidor de vídeo online na América Latina. A ComScore, empresa responsável pela pesquisa, conduziu entrevistas via e-mail com mais de 8 mil consumidores de vídeo digital em seis países da região: Brasil, México, Argentina, Colômbia, Chile e Peru.

Segundo a pesquisa, os millenials (jovens entre 15 e 34 anos) representam 56% dos consumidores de vídeo online da região. Os dados mostram uma redução gradativa na porcentagem conforma as idades avançam, com adultos entre 35 e 54 anos representando 35% da audiência,e pessoas com mais de 55 anos apenas 8%.

Entre esse público, o consumo de vídeo online é um hábito mais comum que a própria televisão tradicional, com 81% respondendo assistir a conteúdo digital com frequência e 70% dizendo fazer o mesmo com a televisão.

O estudo indica que a internet é o meio de entretenimento que mais ocupa tempo dos entrevistados, com 10,2 horas de consumo semanal. A TV tradicional aparece em segundo lugar com pouco mais da metade desse valor (5,4 horas), e é seguida pelo rádio (3,8 horas). Vale ressaltar que o estudo só entrevistou pessoas que tenham assistido vídeos online nos últimos três meses.

Dispositivos

Os dados do estudo apontam para uma ascensão dos smartphones como dispositivos para consumo de vídeo, com 80% dos entrevistados dizendo utilizar a plataforma para este fim. Na sequência aparecem laptop (75%), desktop (65%), TV conectada á internet (57%) e tablets (49%).

Os smartphones também aparecem como o meio mais acessível para os consumidores de vídeo digital (87%) e como aquele no qual os usuários gastam mais tempo assistindo conteúdo (5,2 horas).

No entanto, o estudo também mostra que os usuários preferem utilizar as maiores telas quando se trata de consumir conteúdos mais longos. Entre os entrevistados, 76% responderam utilizar a Smart TVs para assistir filmes e 64% disseram utilizar o aparelho para assistir séries. Para esse tipo de conteúdo, os smartphones aparecem no último lugar (22% e 20%), atrás de laptops (55% 4 44%), desktops (50% e 37%), e tablets (34% e 30%).

Conteúdo

De acordo com o estudo, filmes são o tipo de conteúdo mais acessado pelos usuários, com 79% deles afirmando assistir esse tipo de conteúdo. Vídeos de música (70%) e séries de TV (65%)aparecem na sequência.
Quando questionados sobre qual seu tipo de conteúdo de vídeo online favorito, os usuários colocaram os filmes na primeira posição novamente, com 33% das respostas. Nesse caso, porém, séries de TV aparecem à frente dos vídeos de música, com 22% da preferência.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top