OUTROS DESTAQUES
Net Brasil fica agora mais próxima da Globosat
terça-feira, 05 de outubro de 1999 , 23h12 | POR REDAÇÃO

A mudança já está valendo. Gerencialmente, a Net Brasil deixa de ser parte da divisão de distribuição do grupo Globo (área sob a responsabilidade de Moysés Pluciennik) e passa a se reportar à área de conteúdo, sob a responsabilidade da superintendente administrativo-financeira do grupo, Marluce Dias da Silva. Segundo José Carlos Kanner, diretor geral da Net Brasil, a mudança é parte da busca por uma maior sinergia entre diferentes empresas em relação à produção de conteúdo, mas nada muda na forma como a licenciadora vem atuando junto aos seus atuais clientes e novos operadores. Na prática, a reestruturação coloca a Net muito mais próxima da Globosat, que também se reporta à superintendente, e à Globo.com (divisão de conteúdo para Internet). O que ainda não está definido é se estas empresas estarão imediatamente abaixo de Marluce Dias ou se haverá alguém no meio do caminho. O comentário corrente no mercado é de que a Net Brasil passaria a se reportar à Globosat, o que é negado por Alberto Pecegueiro, diretor geral da programadora. Como conseqüência da mudança, a Net Brasil ganha ainda mais independência em relação à Globo Cabo (sua principal cliente), o que pode facilitar algumas negociações. Por outro lado, segundo as análises mais freqüentes, perde independência em relação à Globosat, o que pode desagradar outros programadores cujos canais são negociados pela Net Brasil junto às operações Net. O curioso é que mesmo com este remanejamento gerencial, não está prevista, a curto prazo, uma mudança no controle da Net Brasil, que continua sendo 60% da Globo Cabo holding, 20% da Globo Cabo S.A e 20% da RBS. José Carlos Kanner desmente o boato de que pode haver uma redução significativa no tamanho da franqueadora.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top