OUTROS DESTAQUES
Para diretor da ABTA, mudança na lei deve resguardar conteúdo
terça-feira, 05 de dezembro de 2000 , 20h48 | POR REDAÇÃO

A ABTA ainda não bateu, oficialmente, o martelo quanto à sua posição sobre eventuais mudanças na Lei de TV a Cabo. A discussão pelo fim da limitação ao capital estrangeiro no setor, que exige uma mudança na lei, deve enfrentar uma "tramitação cautelosa", declarou José Francisco de Araújo Lima, diretor jurídico da ABTA. Para ele, é importante que no processo de mudança na lei não se abram brechas para outras alterações que poderiam colocar em risco, por exemplo, a soberania do conteúdo na TV paga e os esforços das empresas que já investiram no setor. A posição do executivo foi ratificada pelo presidente da ABTA, Moysés Pluciennik, também CEO da Globo Cabo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top