OUTROS DESTAQUES
Para SBT, TV a cabo é televisão
quarta-feira, 05 de dezembro de 2001 , 22h20 | POR REDAÇÃO

Tanto o SBT quanto a Globo, assim como a Abert, têm posição semelhante: TV a cabo é televisão, e portanto seu controle não pode ser exercido por empresas estrangeiras sem garantias de que preservação do conteúdo. Para Luiz Eduardo Borghert, assessor da vice-presidência do SBT, o risco de se abrir a TV a cabo ao capital estrangeiro está na possibilidade de que empresas internacionais passem a oferecer televisão via cabo de graça e sem nenhum compromisso como têm hoje as TVs abertas. "E se o MMDS e o DTH permitem essa abertura, é necessário rever por que não existe nenhum controle nessas tecnologias", declarou. "Se o objetivo é liberar a TV a cabo ao capital estrangeiro sob a alegação de que TV a cabo é telecomunicações, então que as redes de TV a cabo não façam TV, apenas telecomunicações", ironizou. O SBT tem 11% da TV Cidade que, por sua vez, é favorável à liberação do capital estrangeiro no cabo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top