Mercado
06/02/2014, 18:32

Sony anuncia separação da área de TV em subsidiária e venda da área de computadores

POR REDAÇÃO

A Sony anunciou planos para cortar 5 mil cargos, vender sua unidade de PC e separar a sua operação de televisores, tornando-a uma subsidiária (ainda que totalmente detida pela Sony). Com os custos da operação, a gigante de tecnologia japonesa projeta prejuízo de 110 bilhões de ienes (US$ 1,1 bilhão) no exercício fiscal que termina em março 31. A Sony não divulgou quais áreas seriam afetadas pelos cortes, apenas que 1,5 mil cortes seriam no Japão e 3,5 mil no internacionalmente – até o final de 2014.

A notícia foi divulgada juntamente com o balanço do terceiro trimestre fiscal da companhia, que apresentou crescimento nas receitas e retorno do lucro. O faturamento foi de 2,4 trilhões de ienes (US$ 23 bilhões) e o lucro líquido foi de 27 bilhões de ienes (US$ 257 milhões), contra prejuízo de 10,8 bilhões de ienes no mesmo período do exercício fiscal anterior.

A área de Imaging Products & Services (IP&S) – que compreende Digital Imaging Products (câmeras fotográficas e de vídeo) e Professional Solutions (Broadcast e vídeo profissional) – cresceu, alavancada principalmente, por Professional Solutions. As receitas de IP&S cresceram 6% em um ano, chegando a 198,1 bilhões de iene (US$ 1,886 bilhão), e o lucro operacional foi de 12,1 bilhões de ienes (US$ 115 milhões), contra prejuízo de 2,9 bilhões de ienes no terceiro trimestre de 2012. Enquanto o faturamento de Digital Imaging Products apresentou queda de 3,2% para 118,251 bilhões de ienes (US$ 1,126 bilhão), Professional Solutions cresceu 21,8%, para 74,031 bilhões (US$ 705 milhões).

Na Sony Pictures Entertainment, a melhoria foi de 7% na receita para 223,7 bilhões de ienes (US$ 2,1 bilhões) graças à desvalorização do iene em relação ao dólar. Em dólar, as receitas com theatrical e home-entertainment caíram, mas as receitas com produção de TV ganharam, impulsionadas principalmente graças ao home-entertainment e licenciamento para SVOD da série "Breaking Bad".

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top