Tecnologia
06/07/2004, 18:08

Broadband vai impulsionar indústria mundial de entretenimento

POR REDAÇÃO

A PricewaterhouseCoopers divulgou o Global Entertainment and Media Outlook 2004-2008, um estudo com suas estimativas de crescimento para a indústria mundial de mídia e entretenimento. O relatório prevê uma taxa anual de crescimento de 6,3% nos próximos cinco anos, levando a indústria a um faturamento total de US$ 1,7 trilhão em 2008. Tamanho crescimento deve ser proporcionado principalmente pelo serviço broadband. Isso, mesmo com alguns setores desta indústria prejudicados pela pirataria na Internet, como as empresas de música e vídeo.
De acordo com a PwC, mercados como o chinês e o indiano vão puxar o crescimento, mas o maior mercado regional para mídia e entretenimento continuam a ser o doméstico norte-americano, que em 2008 deverá faturar algo em torno de US$ 680 bilhões.
Também a oferta de Internet wireless promete crescimento. A PricewaterhouseCoopers prevê que, em 2008, 300 milhões de domicílios terão acesso à Internet em banda larga. Ambos os serviços serão os alavancadores de um segmento em plena expansão, que é o mercado de videogames, que deverá estar faturando mais de US$ 50 bilhões em 2008, através da Internet banda larga e dos novos aparelhos de telefonia móvel.

América Latina

Sobre o mercado pan-regional, a PwC projeta um crescimento de 6,5% no período para a América Latina, chegando ao total de US$ 44,7 bilhões de faturamento em 2008. A distribuição de TV deve ter sozinha um crescimento de 9,2%. Ainda, dada as suas baixas penetrações, a TV paga e a Internet mostram-se como setores com amplo potencial.
A tendência mundial, ainda para a PwC, é de maior expansão do DVD (em substiutição ao VHS), do mercado de TV aberta e fechada e também dos sistemas de satélite, que devem ganhar market share em cima do mercado de cabo. Outras apostas são o crescimento do pay-per-view e do video-on-demand.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top