OUTROS DESTAQUES
A briga pela inserção local de programação II
quarta-feira, 07 de junho de 2000 , 23h09 | POR REDAÇÃO

Os associados da Neo TV abriram mão, em alguns de seus contratos com programadoras, da receita publicitária local. A contrapartida foi a melhoria em condições para a compra de canais. No caso das operadoras ligadas à Net Brasil, contudo, abrir mão destes minutos seria mais complicado, segundo analistas. Isso porque a venda de publicidade no tempo local é feita pela Net Mídia, que também vende a publicidade dos canais Globosat.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top