Streaming
07/06/2017, 23:48

Globo estreia série "Carcereiros" antes no online

A Globo promoverá, com exclusividade pelo Globo Play, o lançamento da série "Carcereiros" antes de sua estreia na TV. Para promover a série, a empresa aposta em uma campanha de comunicação integrando diferentes telas e plataformas. Com ativações nas redes sociais, peças on e off-line, materiais para divulgação em mídia exterior e criação de uma página exclusiva na plataforma de VOD da Globo, as ações destacam os diferenciais da série, seu reconhecimento no mercado exterior e trazem conteúdos inéditos, como fotos de bastidores, trailers e entrevistas com elenco. Dividida em quatro fases, a campanha tem como objetivo gerar engajamento com mote na principal característica do Globo Play: a possibilidade de acompanhar e curtir os conteúdos da Globo a qualquer hora e em qualquer lugar. Dirigida por José Eduardo Belmonte e livremente inspirada na obra de Drauzio Varela, a trama chega ao Globo Play no dia 8 de junho. Na televisão, a previsão é que seja exibida em 2018.

O início da ação foi realizada nas redes sociais, com a divulgação de um vídeo teaser de "Carceiros" e a disponibilização de uma galeria de fotos dos personagens e bastidores das gravações. E em menos de 48 horas, o vídeo publicado teve um alcance de mais de 1,3 milhão de pessoas, com 429 mil videoviews. Além disso, um conteúdo especial, destacando o prêmio recebido pela série durante o MIPDrama Screenings, evento de abertura do MIPTV, também faz parte da estratégia de massificar a repercussão na internet. Dando início à segunda fase, peças anunciando a chegada da série ao Globo Play serão veiculadas na Globo.com. Já no Globo Play, todo este conteúdo está em um trilho especial e disponível para assinantes da plataforma.

A terceira fase marca o lançamento do filme da campanha na programação da Globo. Na peça, um encarcerado Rodrigo Lombardi é o responsável por contar ao público um pouco sobre a trama e também sua disponibilização, na integra, pelo Globo Play. Atrás da porta de uma cela, apenas com os olhos aparentes em uma portinhola que permite a visão do interior, o ator revela parte dos dilemas vividos pelo carcereiro Adriano, seu personagem na série, que tem a vida marcada pela impossibilidade de separar o que acontece dentro e fora da prisão, se tornando um verdadeiro prisioneiro da realidade que a profissão lhe impõe. Traçando um paralelo com essa situação, o ator revela que, diferentemente de Adriano, as pessoas estão livres para acompanhar toda a história de 'Carcereiros', bem antes de sua exibição na TV aberta – esse paralelo é, inclusive, parte importante da assinatura de toda campanha: "Ele sai da prisão. A prisão não sai dele. E você não vai sair da história". Encerrando o filme, uma locução em off reforça a novidade, convidando a todos para assinarem o Globo Play e poderem ver "bem-bem-bem" antes o "pré-pré-pré" lançamento da nova série da Globo.

Também fazem parte dessa fase a exibição de um trailer especial nos cinemas brasileiros e a veiculação de peças em mídia exterior, como mobiliário urbano e espaços publicitários em elevadores, via Elemídia. O material criado exclusivamente para os cinemas tem o formato de um minidoc, mesclando cenas da série com imagens reais de presídios em momentos de tensão, como rebeliões, além de entrevista com o diretor de 'Carcereiros'. A narração em off revela que a vida dos profissionais do serviço penitenciário acaba se assemelhando à vida dos presidiários, com exceção ao fato de que eles cumprem pena sem terem sido condenados, experimentam o cotidiano de um purgatório sem terem cometido um pecado e que, pela profissão, se colocam em risco para que as pessoas possam viver em paz. A partir daí, uma contagem regressiva nas redes sociais prepara o público para o a grade estreia de todos os episódios de 'Carcereiros' pelo Globo Play. Na quarta e última fase, a estratégia conta com a criação de evento nas redes sociais para que os fãs possam assistir juntos e comentar os episódios da série. Está programada também uma ação ao vivo, com Drauzio Varela, para que ele fale sobre sua experiência nos presídios de São Paulo e a inspiração em sua obra para o entretenimento na televisão.

"Carcereiros" é uma série de Marçal Aquino, Fernando Bonassi e Dennison Ramalho, escrita com Marcelo Staroubinas, a partir de uma ideia original de Pedro Bial e Fernando Grostein. É uma coprodução da Globo com a Gullane Filmes e a Spray Filmes com direção geral de José Eduardo Belmonte e direção de Fernando Grostein.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top