TV digital
07/10/2003, 20:40

TV aberta e TV paga expõem divergências sobre futuro da DTV

POR REDAÇÃO

O debate entre emissoras de TV aberta e operadoras de TV paga promete esquentar à medida que as discussões sobre a TV digital no Brasil ganharem corpo. Márcio Wohlers de Almeida, assessor especial do Ministério das Comunicações, deixou muito claro durante o Congresso ABTA 2003 que a TV paga é vista pelo governo como parte do processo e que as empresas serão chamadas a participar do debate. Para Antônio João Filho, diretor da ABTA e presidente da Tele Design, é absolutamente lógico que se use a infra-estrutura de TV por assinatura como primeiro passo para a digitalização da TV no Brasil, lembrando que o espectro disponível e o poder aquisitivo dos assinantes são certamente fatores que ajudarão a eliminar as barreiras de entrada à TV digital. Antônio João lembrou ainda a proposta da ABTA, que prevê uma solução de set-top conjunta para a digitalização da TV aberta e da TV paga.
Roberto Franco, presidente da SET (Sociedade de Engenharia de Televisão) ponderou que a TV paga pode fazer parte do processo, mas a preocupação dos radiodifusores é que não haja mais fatores de atraso na digitalização da TV brasileira. Ou seja, a TV por assinatura pode até ter uma solução se set-top conjunta com a TV aberta, mas a existência dessa alternativa não pode ser pré-condição para o andamento do processo de digitalização.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top