OUTROS DESTAQUES
NCTA
2002 ainda não foi o ano da telefonia no cabo
quarta-feira, 08 de maio de 2002 , 17h45 | POR REDAÇÃO

O evento de 2002 da NCTA não mostrou nada significativo em termos de realizações das operadoras no quesito telefonia por cabo. A tecnologia, contudo, apareceu mais madura, sobretudo as tecnologias de voz sobre IP. A experiência das duas maiores operadoras norte-americanas com produtos de telefonia (Cox e AT&T), contudo, aponta para uma forte redução dos índices de churn (cerca de 40%) entre assinantes que têm este serviço. E isso acontece mesmo entre aqueles assinantes que já têm cable modem e que, portanto, tendem a ser mais fiéis à operadora. A NCTA de 2002 mostrou que o problema do churn, que sempre foi sério, passou a ser ainda mais preocupante em uma época em que há muitos competidores em todos os serviços oferecidos pelas redes de cabo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top