OUTROS DESTAQUES
Mercado
Bradesco deixa de ser acionista controlador da Net
quinta-feira, 08 de julho de 2004 , 10h22 | POR REDAÇÃO

O Banco Bradesco, através de sua subsidiária Bradesplan, deve deixar de ser acionista controlador da operadora Net Serviços. A operadora divulgou fato relevante nesta quinta, 8, informando uma operação entre Globopar e o banco pelo qual a Globo transferirá ao Bradesco cerca de 130,5 milhões de ações preferenciais, representando 6,4% do capital da companhia, e receberá em troca o mesmo número de ações ordinárias controladas pela Bradesplan, representando também 6,4% do capital da companhia. Adicionalmente, a Globopar se compromete a pagar ao Bradesco mais R$ 15,6 milhões pelas ações (R$ 0,119368117 por ação). Com essa operação, em que os demais acionistas controladores podem participar exercendo seus direitos de preferência, a Bradesplan deixará de ser parte do acordo de acionistas da Net em vigor. A previsão é de que a operação se concretize no dia 7 de outubro de 2004, quando as autoridades serão notificadas.
A mudança é importante não só pelo significado da participação do grupo Bradesco dentro da Net, mas também porque os sócios financeiros da Net (Bradesplan e BNDES) têm poderes especiais de voto e veto no acordo de acionistas em vigor.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top