OUTROS DESTAQUES
Programação
Viacom Networks Brasil lança VH1 e Logo TV
terça-feira, 08 de novembro de 2005 , 16h40 | POR EDIANEZ PARENTE

Foi anunciada nesta terça-feira, 8, em São Paulo, a criação da programadora de canais por assinatura Viacom Networks Brasil. O anúncio foi feito por Pierluigi Gazzolo, diretor-geral da MTV Networks Latin America e que dirige também a nova empresa, que representa e distribui ao Brasil os canais Nickelodeon e os lançamentos Logo TV e VH1, além dos canais para as plataformas digitais VH1 Soul, MTV Hits, MTV Jams e Gas. Segundo Gazzolo, a nova empresa foi necessária para melhor atender o mercado nacional de TV paga, que é o terceiro em tamanho na América Latina e que vem representando um faturamento crescente na programadora. "Só em publicidade, crescemos 30% mais no primeiro semestre em relação a 2004", diz o diretor geral. Ele acredita que, no Brasil, o faturamento total da programadora deve dobrar em dois anos. De acordo com ele, os novos canais atendem a demandas do mercado. "O VH1 busca um público dos 25 aos 49 anos, que estava carente de produção musical e cultura pop na TV que o atendesse", afirma Pierluigi Gazzolo.
Ele diz que o interesse da Viacom é oferecer no mercado nacional um canal internacional, com algumas opções locais. Para ele, o reverso também vai funcionar, uma vez que a música brasileira também pode ser mesclada ao canal fora do Brasil. Gazzolo conta também que o canal foi primeiramente oferecido à MTV do Brasil (joint-venture entre a MTV Brasil e a Viacom), mas a sócia, o Grupo Abril, não se interessou, porque estaria "mais centrada na oferta em TV aberta", nas palavras de Gazollo. Em entrevista a este noticiário, em setembro último, o diretor geral da MTV Brasil, André Mantovani, relatou dificuldades de distribuição para não abraçar o VH1 Brasil. Gazollo representa a Viacom no board da MTV Brasil.

Distribuição

A Logo TV, canal de variedades voltado ao público GLS, entra como bloco de seis horas, em pay-per-view, e a primeira operadora a carregá-lo é a Sky, com estréia para o próximo dia 18. A Sky vê na sua própria base um grande potencial de clientes, mesmo entre os atuais assinantes do canal de sexo explícito do segmento, o ForMan. Pierluigi Gazzolo diz que o canal começa como pay-per-view como uma forma de testar o potencial do mercado, mas também por ter filmes de longa-metragem inéditos na sua grade. Segundo ele, a evolução do canal para a oferta a lá carte ou canal premium vai depender da receptividade do mercado.
Já o VH1 tem data de estréia marcada para 21 de novembro. O canal já está fechado com a Neo TV, mas ainda não foi anunciada nenhuma operadora. De acordo com o VP de distribuição da MTV para a América Latina, Álvaro Paes de Barros, a entrada do canal nas operações é certa, só faltando os últimos detalhes para o anúncio, e ele diz que a projeção é de estréia em 43% do mercado brasileiro no próprio dia 21. A se levar em conta as operadoras presentes no evento de lançamento do canal, estavam, além da Neo TV, a TVA, a Net Serviços, a Sky e a Vivax. A Viacom espera em um ano estar com o VH1 em 70% das operadoras no Brasil. A confiança na entrada do canal é tanta que o VH1 anunciou seus dois primeiros patrocinadores – o canal terá sinal exclusivo para o Brasil. Fátima Zagari, diretora de vendas de publicidade da Viacom Brasil, conta que Nestlé (produto Molico) e Loctite, da Henkel (cola Super Bonder) são os primeiros anunciantes do canal. Ela diz que é grande a demanda do mercado publicitário. A Logo TV nasce no Brasil sem intervalos comerciais.

Programação

O VH1 terá sinal dedicado para o Brasil, com equipe local de criação e também coordenação musical específica para o País, dada a diferença de conteúdo musical para o canal que já está presente na América Latina e que tem nove milhões de assinantes. Vicente Solis, VP de programação e criação da Viacom Networks Brasil e da MTV Networks Latin America, conta que a parte musical, artística e criativa do canal será feita por profissionais brasileiros. O canal começa customizado para o Brasil, com legendas e voice over em português. A programadora espera em um ano contar com VJs brasileiros também, além de produzir especiais com bandas brasileiras para a atração "Storytellers". Caetano Veloso, Titãs, Paralamas do Sucesso são alguns dos artistas que terão videoclipes na grade do canal, que conta ainda com várias atrações de linha, além de filmes como "Blues Brothers", "Flashdance" , "Grease".
O Logo TV por enquanto é um canal de conteúdo internacional, com seriados e reality shows.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top