OUTROS DESTAQUES
Conteúdo é outro problema do setor, diz Guerreiro
quarta-feira, 09 de janeiro de 2002 , 21h05 | POR REDAÇÃO

Ainda em sua avaliação da indústria de TV paga, Guerreiro lembra que o Brasil é o grande mercado para produtos de língua portuguesa: "O cidadão brasileiro não é bilíngüe. Há apenas uma pequena parcela da sociedade que domina outros idiomas, e destes, a maioria domina o inglês. E produzir conteúdos em língua portuguesa é quase uma produção exclusiva para o nosso mercado. E isso é muito caro. O Brasil tem a sorte de ter reconhecimento internacional pela sua capacidade de produção de programas. E estes custos altos levam novamente à questão dos preços das assinaturas da TV paga".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top