OUTROS DESTAQUES
Capital estrangeiro sim, mas com limite menor, diz Pimenta
quarta-feira, 09 de junho de 1999 , 22h21 | POR REDAÇÃO

O ministro Pimenta da Veiga, durante audiência pública na Câmara Federal nesta quarta, 9, declarou que o Minicom é a favor da entrada de capital estrangeiro nas empresas jornalísticas e de radiodifusão, desde que haja um limite de até 20%. Pimenta disse, porém, que a participação de capital estrangeiro deve ser vista com cautela. Seguindo a mesma linha da Abert, o ministro disse temer que uma participação de 30% possa permitir a grupos estrangeiros fazerem acordos que permitam controlar e dirigir as empresas brasileiras. "Com a participação de até 20%, adotamos um procedimento de cautela. A presença do capital não fica pálida a ponto de ser desinteressante, mas também não é forte a ponto de se tornar dominadora", completou Pimenta. As declarações do ministro ocorreram durante uma audiência pública na Comissão Especial que discute a proposta de emenda constitucional sobre propriedade de empresas jornalísticas e de radiodifusão. O relator do projeto, deputado Henrique Alves, deve entregar na próxima segunda, dia 14, a proposta final.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top