OUTROS DESTAQUES
ESPN afirma que é e continuará sendo um canal não-exclusivo III
quinta-feira, 09 de agosto de 2001 , 20h15 | POR REDAÇÃO

Entre o conjunto de argumentos que sustentam a representação encaminhada pela NeoTV à SDE (Secretaria de Direito Econômico) do Ministério da Justiça está o temor de que quando os contratos entre ESPN Brasil e ESPN International passem a ser renegociados com as operadoras não afiliadas à Net Brasil, a Globosat (detentora de participações nos dois canais) imponha condições desfavoráveis. Temem que as condições inviabilizem a distribuição destes canais e, mais do que isso, que a Globosat priorize os eventos esportivos importantes apenas para o SporTV (exclusivo dos afiliados Net Brasil).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top