Políticas de comunicação
09/12/2009, 18:24

Para ABPI-TV, produtoras estão prontas para aumento de demanda

POR FERNANDO LAUTERJUNG

Para a produção independente, a aprovação do PL 29 com os destaques rejeitados é boa notícia. "A aprovação mostra um compromisso da Câmara em abrir o mercado e criar pluralidade. É um dia histórico", diz o presidente da Associação Brasileira de Produtores Independentes de TV, Fernando Dias. Segundo ele, a associação ainda não fez uma avaliação da injeção de capital que deve haver no setor. Por enquanto, trabalham com o número de aproximadamente R$ 340 milhões por ano, através das cotas de fomento. "Não deve ser tudo para a produção, mas deve deslanchar o setor", diz Dias.
Para a ABPI-TV a produção independente está pronta para absorver a demanda. "Há um escalonamento de quatro anos para que as cotas sejam cumpridas integralmente", lembra. "Mas precisamos lembrar que há uma demanda reprimida no setor. O gargalo não está na capacidade de produção", afirma.
Vale lembrar, o projeto ainda não teve tramitação terminada. Ainda segue para a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados e depois para o Senado. "Estamos bem confiantes. Há uma vontade política para que isto (a aprovação das cotas e do fomento para a produção independente) aconteça", diz Dias. "A vitória foi bastante expressiva na Câmara dos Deputados", comemora.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top