OUTROS DESTAQUES
Fusão AOL/Time Warner já provoca mudanças
quarta-feira, 10 de maio de 2000 , 22h15 | POR REDAÇÃO

Quem poderia prever que um dia um tradicional grupo de mídia como a Time Warner olharia para uma contravenção na Internet como uma oportunidade de negócios. Pois é o que a fusão com a AOL provocou. O presidente e COO da AOL/Time Warner, Bob Pittman, chamou a atenção dos participantes da palestra de encerramento da NCTA para o fato de que movimentos aparentemente perigosos da Internet, como a distribuição gratuita de música via MP3, não devem ser vistos como um crime, mas como um indício do que as pessoas estão querendo. "Se é o que as pessoas fazem, é o que temos que dar a elas. Os nossos conceitos passados não podem mais ser usados para avaliar este negócio", disse Pittman. Ele também lembrou aos operadores de cabo que a associação com os provedores de acesso pode acrescentar, principalmente, força de marketing à comercialização de serviços de acesso e conteúdo em banda larga.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top