OUTROS DESTAQUES
Microsoft: estratégia é oferecer plataformas para operadores
quarta-feira, 10 de maio de 2000 , 22h15 | POR REDAÇÃO

Steve Ballmer, CEO da Microsoft, evitou usar a sua palestra na cerimônia de encerramento da NCTA Cable 2000 para promover a empresa. Pelo contrário, fez um discurso claramente defensivo, procurando tranqüilizar todos os seus parceiros na área de TV paga dizendo que os investimentos da Microsoft só têm um objetivo: fazer com que a empresa esteja melhor posicionada no negócio de software, principalmente no que se refere a questões como interface com o usuário, integração de serviços, personalização de conteúdos, segurança de dados e desenvolvimento de novos serviços. Estes são os desafios que Ballmer considera importantes no quesito softwares para a convergência. Ele lembrou que a Microsoft não é uma empresa de mídia, não é uma operadora de cabo, e não pretende ser nenhum dos dois. Perguntado sobre como ficaria a Microsoft no negócio de cabo caso seja obrigada a se dividir, Ballmer respondeu: "não vamos nos dividir".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top