Exibição
10/06/2015, 15:34

Final da Champions League em cinemas teve bilheteria de R$ 700 mil

A final da UEFA Champions League 2014/2015 entre Barcelona e Juventus gerou uma bilheteria de mais R$ 700 mil em salas de cinema no Brasil. A partida foi transmitida, ao vivo, para 135 salas em 54 cidades brasileiras, em uma parceria da ESPN com a Cinelive.

Segundo Laudson Diniz, gerente executivo da Cinelive, o evento é o maior realizado pelo grupo, em circuito e público, contando com mais de 24 mil espectadores. Segundo ele, a Copa do Mundo era, até esta edição da Champions League, o maior evento em circuito, com 127 salas.

A partida final foi a oitava maior bilheteria do cinema brasileiro no último fim de semana. O modelo de negócios com os exibidores é de revenue share. Além do conteúdo, a Cinelive entra com equipamentos nas salas parceiras – IRDs e servidores. A transmissão é feita via satélite.

Diniz conta que o grupo está trabalhando para viabilizar transmissões em 4K. Segundo ele, este ano, pela primeira vez, a UEFA captou e distribuiu conteúdo nesta resolução, mas ainda não foi possível usar no Brasil, por falta de escala. "Poucas salas já contam com projetores 4K e a tecnologia dos receptores ainda precisa de alguma evolução. Hoje precisaríamos de quatro IRDs para fazer a recepção", conta.

O jogo foi transmitido no dia 6 de junho, e contou com locução exclusiva da equipe ESPN formada pelo narrador Cledi Oliveira e os comentaristas Ale Oliveira e Zé Elias, diretamente do estúdio da Cinelive, em São Paulo.

Esse é o quinto ano em que a final UEFA Champions League foi exibida nos cinemas. O crescimento em relação à edição anterior foi superior a 71%, saltando de um público de aproximadamente 14 mil pessoas.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top