OUTROS DESTAQUES
ESPN afirma que é e continuará sendo um canal não-exclusivo
sexta-feira, 10 de agosto de 2001 , 19h12 | POR REDAÇÃO

A ESPN esclarece que os canais ESPN Brasil e ESPN International (e mesmo o futuro ESPN Fox) não são e não serão canais exclusivos a nenhum operador de TV por assinatura. Segundo Antônio Barreto, vice presidente da ESPN International para a América Latina, o relacionamento que a programadora mantém com os operadores de TV paga no Brasil continua exatamente igual ao que era antes da joint venture com a Globosat (que adquiriu 25% do ESPN Brasil e 33% do ESPN International para o Brasil), e assim permanecerá. O esclarecimento se faz necessário em função da argumentação dos operadores independentes que temem, futuramente, que as renegociações possam ser prejudicadas em função de uma eventual ingerência da Globosat sobre estes canais.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top