TelasFórum
10/11/2015, 20:51

Até março de 2016 os canais Box Brazil abrirão nova chamada pública para inscrição de projetos

POR MARIANA TOLEDO

Cícero Aragon, diretor presidente da Box Brazil, e Ramiro Azevedo, coordenador-geral, abriram o encontro com os seus canais no TelasFórum afirmando que a Box Brazil tem, atualmente, a maior programação independente brasileira. Com o ideal de "levar conteúdo diferente para quem pensa diferente", eles contam que se firmaram de forma independente e, por isso, não trabalham com "regras, limites e amarras". "Todo tipo de projeto ou parceria pode ser viabilizado e, no momento, a busca é por incentivar o desenvolvimento da produção independente brasileira", revela Aragon.

Na sequência, a dupla seguiu o encontro apresentando as diferenças entre seus canais. O Prime Box Brazil exibe curtas, médias e longas de ficção, documentário e animação focada para o público adulto. Desde os anos 2000, trabalha com produções próprias e, aos poucos, abre espaço para licenciamento de séries. O diretor analisa os dados: dos 37 projetos fechados para entrarem em produção, 15 são destinados ao canal, que conta com 12 milhões de assinantes no país. Ele passa agora por sua primeira grande janela de lançamentos exclusivos e inéditos. "A expectativa é alavancar a audiência do canal e estreitar a relação com os assinantes", confessa.

O Music Box Brazil é um canal dedicado exclusivamente à música brasileira, com todos os seus gêneros. "A ideia aqui é atrair atenções para artistas que não têm espaço em outros meios. O retorno do público tem sido entusiasmado, e o número de assinantes já bate os 11 milhões no país", comemora o coordenador Ramiro Azevedo. "Videoclipes, shows, séries e programas que contemplem esse universo são os objetivos para os novos conteúdos do canal", finaliza.

Já o Travel Box Brazil passou por uma recente reformulação. Antes focado só no turismo, ele agora abriu seu leque para entretenimento, cultura, gastronomia, viagens, esporte e lifestyle. "O momento é de ampliar a distribuição do Travel e aumentar o número de assinantes, que está em 1 milhão. Produções para ele podem abranger diferentes conteúdos e formatos", pontua Aragon.

Por fim, o Fashion TV existe em mais de 190 países e, no Brasil, apresenta conteúdos que vem da matriz e de outras filiais pelo mundo. É o único canal dedicado exclusivamente à moda e, somados, os assinantes chegam a 600 milhões pelo mundo. A oferta das produtoras para o canal ainda não é grande, por isso, a dupla enfatiza que eles estão totalmente abertos a propostas. Azevedo especifica: "A busca é por um conteúdo diferenciado do formato de um especialista avaliando e combinando looks. O foco aqui é moda, mais precisamente a criação de moda no Brasil, e não lifestyle ou celebridades". Ele ainda relembra que o Fashion TV Brazil conta com uma janela para exibir os conteúdos produzidos aqui em outros países.

Os projetos para o canal devem ser enviados nos e-mails de licenciamento de cada um deles: licenciamento.prime@boxbraziltv.br, licenciamento.music@boxbraziltv.br, licenciamento.travel@boxbrazil.tv.br ou ainda licenciamento@fashiontv.tv.br. A Box Brazil só avalia conteúdos em CPB, por meio de links ou DVDs. Até março do próximo ano, haverá uma nova chamada pública para projetos para os quatro canais.

Para encerrar o encontro, o diretor e o coordenador complementam que o foco da produtora divide-se também atualmente com a criação do Box Brazil Play, a plataforma on demand do canal. "Esse já era um objetivo desde seu início, há seis anos", conclui Cícero Aragon.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top