TelasFórum
10/11/2015, 20:44

Canais A&E e History buscam projetos patrocinados

POR MARIANA TOLEDO

"O grupo que reúne os canais A&E, History, H2 E Lifetime está em busca de novos produtos nacionais que, preferencialmente, já contem com um patrocinador". Foi assim que Yara Camargo, produtora-executiva dos canais, abriu o encontro com o grupo na última segunda-feira.

Em seguida, a produtora explicou a diferença entre cada um dos canais da rede A&E Television Networks. "O A&E é o nosso canal mais abrangente e complexo. Entre suas temáticas, estão o crime e a investigação policial", define. Ela ainda complementa que o mix de ficção com não-ficção é o que tem feito mais sucesso e alavancado a audiência do canal. Realities de experimentos sociais, onde uma pessoa é submetida a um contexto social diferente do que ela vive para ver como ela reage à sua nova condição, também é um formato que tem funcionado. "Aqui, buscamos séries de entretenimento, social experience, realities com personagens fortes e apaixonantes, séries factuais transacionais e conteúdo investigativo/policial, tanto para produção quanto para aquisição. É um objetivo também firmar parceria com canais abertos para produzir ficção", conclui.

Já o History, segundo a produtora, é totalmente focado no entretenimento para o público masculino: "O grupo ainda acredita que seu grande diferencial seja a camada de humor". Os potenciais projetos para o History podem transitar por gigantes da indústria, não-ficção, conteúdo com entretenimento, assuntos interessantes e polêmicos, aventura e sobrevivência. "A missão aqui é trazer produções de aspecto hollywoodiano e que enfatizem o homem", afirma.

Krishna Mahon, diretora de conteúdo original, continuou o encontro falando sobre o H2, canal que produz conteúdo de entretenimento informativo. Krishna explica que os temas de suas produções podem variar entre ciência, tecnologia, exploração e curiosidades. "De certa forma, o canal complementa o History, mas mantém seu foco mais na informação do que no entretenimento. Para o canal, funciona bem falar de teorias da conspiração, como as que acercam guerras, História e antigos mistérios", pontua.

Por fim, a diretora apresenta o Lifetime e revela que o canal foi feito para celebrar a mulher moderna, apaixonada, provocante, real e perfeitamente imperfeita. "As produções, que contemplam realities, séries e filmes, não visam ensinar nada para a mulher, e sim aceitá-la como ela é. Não existe espaço para programas tipo tutorial ou focados em saúde, beleza, culinária e biografias", alerta. A ideia não é trazer um conteúdo muito aprofundado, e sim um entretenimento de qualidade para a mulher, concordam Mahon e Camargo.

O grupo está aberto para receber projetos por meio de diversos formatos, tais como bíblias, introduções, apresentações e vídeos-promo. Os contatos para os envios são Krishna Mahon (kmahon@AEOei.tv) e Yara Camargo (ycamargo@AEOie.tv).

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top