DirecTV e Sky
11/02/2004, 17:49

Murdoch fala em unificar plataformas na América Latina

POR SAMUEL POSSEBON

Na entrevista dada a analistas de mercado em função da divulgação dos resultados do primeiro trimestre da News Corp., Rupert Murdoch deu, finalmente, a primeira mensagem clara sobre o que deve acontecer no mercado de DTH na América Latina, incluindo o Brasil. Ao responder à pergunta da analista Jessica Reif-Cohen, da Merrill Lynch, Murdoch foi claro: "Nós de fato vemos uma plataforma única em desenvolvimento". O mega-empresário, que está no comando da News (controladora da Sky) e da Hughes (controladora da DirecTV), ressaltou que a estratégia de consolidação passa pelos parceiros locais. "Estamos trabalhando para uma plataforma para o México, onde a Televisa deve ter pelo menos 50% da operação. No Brasil, que é um grande mercado, nós teremos o controle de forma definitiva e predominante, assim como no resto da américa hispânica como um todo. Serão, na verdade, três centros, que serão tocados em conjunto de um mesmo uplink center em Miami e quando isso for feito, será apenas uma marca. Tudo acontecerá quando sairmos (a DirecTV Latin America) da concordata, os preços para conteúdo baixarem e estivermos pagando por tudo em moeda local. Vemos um futuro brilhante para a região. A única despesa em dólar será para o aluguel do satélite", detalhou Murdoch.
Murdoch não entrou em detalhes sobre como será o processo de unificação das plataformas, nem qual será a marca adotada nem como serão conduzidas as questões referentes a conteúdo. É, entretanto, a primeira vez, desde a fusão, em que a América Latina recebe alguma referência .
A DirecTV Latin America, que é uma divisão da Hughes Electronics, deve sair do Chapter 11 nos próximos meses.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top