OUTROS DESTAQUES
NCTA Cable 2006
Mercado de TV paga nos EUA perde assinantes pela primera vez
terça-feira, 11 de abril de 2006 , 16h05 | POR SAMUEL POSSEBON, DE ATLANTA

Alguns números sobre o mercado de TV a cabo dos EUA divulgados durante a NCTA Cable 2006: são 65,4 milhões de assinantes, dos quais 51,8 milhões pagando por canais pagos (o pacote básico nos EUA inclui apenas o canais abertos) e 28,5 milhões de assinantes digitais. O principal competidor do cabo é o DTH, hoje com 27,1 milhões de assinantes (29% do mercado). Mas pela primeira vez na história do mercado dos EUA, houve redução no número total de assinantes. Se em 2004 eram, ao todo, 92,97 milhões de assinantes, em 2005 o mesmo total ficou em 92,6 milhões. A retração justamente da TV a cabo foi a maior razão. O DTH continuou crescendo. Mas as receitas conseguidas pelas operadoras de cabo também crescem e chegaram em 2005 a US$ 69,5 bilhões. Os investimentos do setor de cabo foram de 9,56 bilhões em 2005 e devem ser de US$ 9,6 bilhões este ano.
O que não para de crescer é a audiência dos canais pagos. Em 2005, 24,4% da audiência estava com os canais abertos das três maiores redes, 27,3% com os canais pagos sem publicidade e 48,3% com os canais pagos com publicidade. Os norte-americanos estão assistindo televisão como nunca: segundo dados da Nielsen, assistem a oito horas e 11 minutos por dia, o número mais alto desde que as medições começaram na década de 50. O número de canais chegou em 2005 a 531, contra 390 em 2004. Em 96% das redes de cabo já há conteúdo em alta definição sendo transmitido, e o número de aparelhos de TV prontos para a recepção digital vendidos no ano passado foi de 20,2 milhões.
A banda larga também é uma área em que os operadores de cabo se destacam, ainda que as teles, por meio do ADSL, tenham recuperado um pouco o espaço. Em 2005 eram, nos EUA, 25,4 milhões (contra 21 milhões em 2004) de assinantes de cable modems, contra 16,6 milhões de linhas ADSL. Praticamente 96% das casas nos EUA tem possibilidade de se conectar a uma rede de Internet em alta velocidade por cable modem. As velocidades de download por redes de cable modem nos EUA já são normalmente acima de 1 Mbps, com alguns produtos já chegando a 50 Mbps. Nos serviços de telefonia, as operadoras de cabo conseguiram conquistar 5,6 milhões de assinantes até o final de 2005 (contra 3,5 milhões em 2004).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top